Área do cabeçalho
gov.br

Este sítio foi reprojetado para melhor atendê-lo. Acesse já pelo celular e veja mais essa novidade

Portal da UFC Acesso a informação da UFC Ouvidoria Conteúdo disponível em: Português

Universidade Federal do Ceará
Centro de Humanidades

Área do conteúdo

Professor do Departamento de Letras Estrangeiras ministra palestra na Itália sobre a escritora Grazia Deledda

Data de publicação: 9 de novembro de 2021. Categoria: Notícias

O Prof. Rafael Ferreira, do Departamento de Letras Estrangeiras da Universidade Federal do Ceará, será um dos palestrantes do Congresso de Estudos “Sinto toda a modernidade da vida ‒ Atualidades de Grazia Deledda aos 150 anos de seu nascimento”. O evento será realizado de 9 a 11 de dezembro em Nuoro, na Itália.

Com o tema “Grazia Deledda traduzida no Brasil”, o docente comenta que o “objetivo desse trabalho é relatar a minha experiência enquanto pesquisador e tradutor de Grazia Deledda, única italiana a receber o Prêmio Nobel de Literatura”.

Rafael Ferreira explica que essa análise ocorre levando em conta o lócus da escritora, a ilha da Sardenha. “Assim como o Brasil, a Itália também apresenta nuances que não são tão globalizadas, como a realidade dessa ilha”, explica.

SOBRE A ESCRITORA ‒ Grazia Maria Cosima Deledda nasceu na cidade de Nuoro, na Sardenha, Itália, em 27 de setembro de 1871, e morreu em Roma, no dia 15 de agosto de 1936. Foi uma das mais importantes expressões literárias da Itália entre os séculos XIX e XX, a primeira (e, até o momento, a única) mulher italiana a ganhar o prêmio Nobel de Literatura, em 1926. Deledda deixou uma obra grandiosa: 32 romances, 250 contos e outras obras. Entre os seus escritos mais conhecidos estão os romances Juncos ao vento, Cinzas e Cosima.

Com informações da Editora Moinhos.

Fonte: Prof. Rafael Ferreira, do Departamento de Letras Estrangeiras da UFC ‒ e-mail: rafarjbr@gmail.com

Acessar Ir para o topo